FRAMEWORK DE ANÁLISE DE PERCEPÇÕES DE ATORES DO SISTEMA DE CTI DE SC

dimensao

Um Framework de análise é um instrumento para captar e avaliar percepções das pessoas sobre um dado assunto. O Framework  de análise utilizado na V Conferência de CTI foi criado para analisar a percepção de atores acadêmicos (professores, estudantes e pesquisadores), atores empresariais (empresários, gestores e representantes de associações), atores governamentais (diretores, gestores e técnicos de organizações públicas) e atores da sociedade civil organizada (representantes organizacionais e indivíduos do terceiro setor).

Para abranger a percepção de todos esses atores, o Framework foi “concebido” a partir de diversas pesquisas, como teses, livros e documentos reconhecidos internacionalmente, como o Global Competitiveness Index (GCI), ferramenta que mensura a competitividade mundial por meio de doze pilares da competitividade, e o Innovation Scoreboard. Todos esses documentos foram agregados com as experiências  dos organizadores, resultando em um instrumento de análise abrangente, que foi capaz de mapear as demandas por ciência, tecnologia e inovação, segundo a percepção dos atores citados acima.

O objetivo final do instrumento foi “estabelecer elementos de comparabilidade (dimensões) tanto entre as mesorregiões como de uma mesorregião consigo mesma, em um futuro próximo. Múltiplos atores de CTI Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI) são áreas tanto desafiadoras como necessárias ao desenvolvimento em todos os setores de atuação do ser humano*.”

Para o Framework foram estabelecidas as seguintes dimensões de análise:

dimensao

  • Capacitores identifica como uma região se encontra em relação à existência e à atuação das instituições cuja missão se projeta sobre o sistema de CTI (institucionalização), qual é a infraestrutura básica e específica de CTI disponível para esse sistema (infraestrutura) e de que forma o desenvolvimento socioeconômico da região é promotor de CTI (desenvolvimento regional).
  • Potencializadores de Eficiência identifica a capacidade de geração econômica e formação e atração de profissionais especializados, por meio de análise de Mercado e Educação da região, que representam a economia local, infraestrutura humana e instrumental de educação básica, técnica e superior da região.
  • Fatores Geradores de Valor verificam as bases instaladas e a capacidade de as organizações regionais de CTI aplicarem novas tecnologias e criarem oportunidades de geração de valor em sua região, bem como processos, tecnologias, relações e fatores culturais voltados à inovação.

Ao todo, foram identificadas oito dimensões de análise, conforme ilustra a figura acima. Essas oito dimensões do framework foram então explicitadas em 36 fatores, onde cada um é dividido em critérios de análise, com uma pergunta- referência específica para analisar a percepção dos atores de CTI, conforme ilustra a figura abaixo. Ao todo foram estabelecidas 62 perguntas- referência, cada uma com respostas enquadráveis em escala Lickert de 5 pontos, de modo que todos os critérios (e, consequentemente, fatores) pudessem ser comparados entre as mesorregiões.

fatores

O resultado foi o estabelecimento de um instrumento robusto que nos permitiu visualizar expectativas, sugestões, percepções e conhecimentos dos quatro atores analisados, que foram representados por mais de mil participantes da V Conferência Estadual de CTI.

Confira mais sobre o Framework no livro gratuito da conferência.

*Livro da V Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação de Santa Catarina: metodologia e resultados para o plano estadual de CTI / editores: Roberto C. S. Pacheco, Paulo Mauricio Selig e Cesar Zucco – Florianópolis, SC. Instituto Stela, 2016. ISBN 978-85-99406-47-2.

Be the first to comment on "FRAMEWORK DE ANÁLISE DE PERCEPÇÕES DE ATORES DO SISTEMA DE CTI DE SC"

Leave a comment

Your email address will not be published.

*


Solve : *
28 + 7 =